Klasse!

(41) 2141-0565

Facebook Twitter Linkedin RSS

BLOG

15/01/2016 09h02 - por KAKOI Comunicação

Como desenvolver uma mente próspera?

Dificilmente vamos encontrar alguém que não queira prosperar. Mas será que todos têm a mente, de fato, voltada para isso? Não se trata apenas de querer ficar rico, para ter uma casa bonita, um carro que impressiona, dinheiro para frequentar bons restaurantes e viajar. Desejar, todo mundo deseja. Colocar o cérebro para trabalhar em função de uma meta e ter isso como objetivo de vida, no entanto, é bem mais que simplesmente ter vontade. E, no caso da prosperidade, começar colocando os cifrões no centro da mira pode ser um grande erro.

Para falar sobre isso, conversamos com Renato Hirata, especialista em negociação e desenvolvimento de profissionais, que fala sobre como desenvolver uma mentalidade voltada para a prosperidade. Com base no conceito de Prosper Mind Intelligence, ele elenca alguns Ps da Mente Próspera, dos quais destaca um sobre o qual se debruçou com mais profundidade: Paixão.

Começando por esse P que recebeu do professor mais ênfase, elencamos abaixo cinco citados por ele. Esses fatores, de acordo com Hirata, são fundamentais para quem busca a prosperidade. Confira:

Paixão

Trata-se de mover-se em busca de um objetivo, antes de tudo, por prazer. Mas é mais que isso. "Fazer um negócio para gerar dinheiro não é difícil. Mas criar um que faça as pessoas se apaixonarem por ele, que torne o cliente um escudeiro fiel da sua marca, não é algo simples", afirma o especialista. Hirata destaca que o fator paixão tem a ver com a capacidade de aliar a sutileza do amor por um projeto ao impulso motivador que move os empreendedores em seus primeiros passos.

Promessa

De acordo com o especialista, esse fator precisar estar diretamente vinculado ao que citamos acima, "paixão". Ele destaca que muitos empreendedores têm grandes sonhos, mas não se dispõem a enfrentar as dificuldades, lidar com crises e correr o risco de serem chamados de loucos. Com uma promessa, um empreendedor apaixonado por seu projeto tem muito mais chances de se manter firme diante dos obstáculos. Esse P, então, diz respeito ao compromisso assumido consigo de atingir determinado objetivo.

- PUBLICIDADE -

Propósito

Se a promessa é aonde se quer chegar, o propósito é o porquê. Para que criar um negócio? Qual impacto ele vai gerar na sua vida? Você vai dedicar horas e mais horas do seu dia a um projeto movido por quais sentimentos?

Protagonista

Esse P diz respeito ao seu eu, a quem é você de verdade. "Quando você ouve um empresário de sucesso, ele é o que gostaria de ser, não o que a sociedade quer ou as pessoas acham que ele deveria ser. Aceite-se. Se você não se aceitar, você não vai saber o verdadeiro potencial que tem", afirma Renato Hirata.

Paradoxo

Esse fator está relacionado à capacidade de colocar em confronto duas variáveis contrárias e tirar proveito disso. Hirata exemplifica com a crise. "Quem pensa de maneira comum, a vê como um momento de dificuldade. Quem pensa de maneira paradoxal, a vê como oportunidade. O paradoxo, então, é isso. A mente próspera vai buscar oportunidades onde pouca gente enxerga", afirma.

Fonte: Administradores

0 Comentários

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!