Klasse!

(41) 2141-0565

Facebook Twitter Linkedin RSS

BLOG

26/11/2014 13h54 - por Administradores.com.br

Saiba como usar o LinkedIn ao seu favor

Saiba como usar o LinkedIn ao seu favor

O LinkedIn é considerado por muitos especialistas e usários como a maior rede social para fins profissionais em todo o mundo. A ferramente disponibiliza funções para auxiliar o usuário no contato profissional, negócios em geral, buscar oportunidades de empregos e aumentar e manter o networking sempre atualizado.

 

No entanto, graças ao sucesso de outras redes sociais e ao objetivo específico dela, o LinkedIn não conta com uma imensa rede de usuários, que por sua vez perdem boas oportunidades de trabalho por não considerarem a utilização da ferramenta. 

 

Atualmente, cerca de 300 milhões de profissionais têm um perfil no LinkedIn. Destes, 16 milhões são no Brasil. De acordo com João Vitor Gasparetto, Gestor de Carreira Gestor de Carreira e Master Coach da Outliers Careers, muitas pessoas só estão percebendo agora a importância e o quão útil pode ser essa ferramenta na carreira profissional.

 

“O Facebook, por exemplo, pode sim ser um auxílio na vida profissional das pessoas, mas ele nem se compara ao LinkedIn. O segundo apresenta um caráter mais formal, oferecendo mais oportunidades para a conexão com antigos colegas de trabalho, com pessoas influentes na sua carreira, com a divulgação da empresa para clientes em potencial, etc. São muitas as possibilidades” resume João Vitor.

 

Segundo ele, um erro frequente é a criação de um perfil somente quando o usuário está desempregado e “desesperado” por um novo trabalho. “Procurar o LinkedIn apenas nessas horas é um erro. O processo na rede é contínuo, e os seus resultados costumam a aparecer em médio/longo prazo – e especialmente para pessoas que mantêm os seus perfis atualizados, participam ativamente de grupos e entram em contato com suas conexões com uma frequencia média de três meses”, explica João Vitor.

 

O especialista ainda alerta que, para obter um resultado positivo, é preciso uma boa dose de paciência e, claro, deixar o perfil completo, com todos os cursos, atividades e resultados preenchidos corretamente.

 

“Como isso pode ser complicado para algumas pessoas, auxiliamos nesse processo, analisando tudo o que tem no currículo e selecionando atividades importantes a serem colocadas no perfil. Além disso, a rede permite receber e conceder recomendações – e é muito importante tê-las, já que com isso os recrutadores conhecem melhor o seu estilo de trabalho e sua personalidade antes mesmo do processo seletivo”, ressalta João Vitor.

 

Além disso, é preciso investir em um resumo que chame a atenção de recrutadores, fazendo com que ele sinta-se curioso a olhar o restante do perfil. “Venda o seu peixe da melhor forma que conseguir. Escolha uma boa foto profissional para ilustrar sua página pessoal – já que dados mostram que perfis que possuem fotos são vistos sete vezes mais do que aqueles que não possuem imagem, e saiba como se ‘vender’: valorize seu trabalho e seu currículo e esteja visível para o mercado – afinal, quem é visto é lembrado”, exalta João Vitor.

0 Comentários

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!